Páginas

sexta-feira, 31 de março de 2017

Vem aí o Festival de Sopas e Merendas de Alenquer

Na Labrugeira, mais precisamente no recinto da Adega Cooperativa local, o fim de semana de 7 a 9 de abril vai trazer um evento carregado de odores quentes. A 15.ª edição do Festival de Sopas e Merendas de Alenquer abre portas a 7 de abril, a partir das 19
horas, e conta com a participação de vários restaurantes e coletividades do concelho, oferecendo ainda um programa de animação apropriado, com a atuação de Ranchos Folclóricos e outros géneros de música popular.
A origem do certame remonta a 2002, tendo começado por ser uma mostra gastronómica de sopas, o principal alimento da população rural do concelho de Alenquer de meados do século XIX até ao século XX. Às sopas juntaram-se depois as merendas, uma refeição ligeira consumida pelos trabalhadores rurais ao meio da tarde, recebendo a sua atual designação “Festival de Sopas e Merendas de Alenquer”. À iniciativa da Adega Cooperativa da Labrugeira, perante o sucesso das primeiras edições, juntou-se a Câmara de Alenquer, que passou a associar-se também ao evento, dando dimensão ao certame.

terça-feira, 28 de março de 2017

Treinador do FC Ota morre atropelado em Lisboa

O treinador da equipa Futebol Clube de Ota, em Alenquer, morreu atropelado em Lisboa este domingo. O acidente aconteceu na rua Marquês de Fronteira, junto ao El Corte Inglês, em Lisboa. 
Rui Pedro, que treinava a equipa sénior do clube, deixa dois filhos menores. 
O clube prestou uma homenagem ao treinador no facebook com uma foto acompanhada pela frase: "Estarás sempre no nosso coração".

sexta-feira, 17 de março de 2017

Hipermercado vai ser multado por estar aberto sem autorização

A Câmara de Alenquer vai levantar uma contraordenação, com coima entre 1.500 e 250.000 euros, ao grupo Jerónimo Martins por ter aberto um hipermercado Pingo Doce no Carregado, sem licença de utilização.
Em causa, está a abertura do hipermercado em dezembro, sem que o município tivesse emitido licença de utilização, por não estarem concluídas as obras de acessos na estrada nacional 1 (EN1), que atravessa a vila do Carregado e passa em frente ao hipermercado.
Apesar de as Infraestruturas de Portugal terem dado parecer favorável, o município opôs-se também à solução de construção de uma rotunda, por defender que "não oferece condições de circulação sobretudo para veículos pesados", dada a existência de uma via de circulação estreita.

Autárquicas: Vereador da CDU em Vila Franca de Xira é candidato à Câmara de Alenquer

O vereador da CDU em regime de substituição na Câmara de Vila Franca de Xira, Ernesto Ferreira, disse hoje que é o cabeça-de-lista daquela coligação à Câmara de Alenquer nas eleições autárquicas deste ano.
"Foi um convite da organização local do PCP que eu aceitei, tendo noção da responsabilidade que é encabeçar uma lista à câmara", afirmou à agência Lusa Ernesto Ferreira, para quem "é necessário um "projeto alternativo à gestão do PS, que governa a câmara há 40 anos".
Ernesto Ferreira defendeu como prioridades a defesa dos serviços públicos, motivo pelo qual pretende lutar pelo fim da privatização da água no concelho, uma das mais caras do país.
O cabeça-de-lista tem 60 anos, reside em Vila Franca de Xira mas é natural da localidade do Bairro, na freguesia de Abrigada e Cabanas de Torres (Alenquer) e é operário da multinacional norte-americana Exide, ex-Tudor.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Câmara manda fechar Pingo Doce do Carregado que abriu em Dezembro sem licença

O presidente da Câmara de Alenquer ordenou, em ofício datado de 17 de Fevereiro, o encerramento da loja Pingo Doce do Carregado, porque não dispõe de licença de utilização emitida pela autarquia e porque os respectivos acessos ainda não estão concluídos. A forma como o estabelecimento abriu, a 29 de Dezembro, tem gerado muita controvérsia no concelho, com a oposição a exigir medidas “mais céleres” do executivo camarário e este a justificar-se com a necessidade de seguir os trâmites legais neste processo. O Grupo Jerónimo Martins (detentor da rede Pingo Doce) disse, na terça-feira, ao PÚBLICO, que ainda não recebera a notificação da Câmara de Alenquer. Desde então não adiantou mais esclarecimentos sobre o assunto, mas a empresa do grupo responsável pela instalação alegou, em Janeiro, em resposta à Câmara, que julgou que estava “tudo bem”, até porque os acessos tinham parecer favorável da Infra-estruturas de Portugal (IP).

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Lar de idosos ilegal encerrado em Santana da Carnota

Um lar ilegal na freguesia de Santana da Carnota, Alenquer, foi encerrado pela Segurança Social e os quatro idosos que aí se encontravam foram realojados noutras instituições, disse esta quarta-feira fonte da GNR. 
A mesma fonte disse que o lar "funcionava numa habitação particular", sem estar licenciado pela Segurança Social, motivo pelo qual foi encerrado de forma definitiva. 
Trata-se de um caso reincidente, uma vez que já antes tinha funcionado como lar e tinha sido fechado. 
O encerramento ocorreu no âmbito de uma ação de fiscalização da Autoridade Tributária, Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica e Autoridade para as Condições do Trabalho, que englobou mais três lares naquele concelho, onde, segundo a mesma fonte, as autoridades detetaram irregularidades. 
Foram levantadas oito contraordenações.

Fonte: http://www.cmjornal.pt

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Autárquicas: Frederico Rogeiro é candidato pela coligação PSD/CDS-PP

O independente Frederico Rogeiro apresentou ontem a sua candidatura à Câmara de Alenquer pelo PSD e CDS-PP, que decidiram concorrer coligados nas eleições autárquicas deste ano, disse o presidente da distrital do PSD/Oeste.
José Damas Antunes afirmou à agência Lusa que a decisão de coligação – tal como aconteceu nas três últimas eleições autárquicas – foi aprovada na segunda-feira à noite numa reunião com representantes dos dois partidos.
O nome de Frederico Rogeiro foi indicado pela concelhia do PSD de Alenquer por ser um cidadão que "conhece a sua terra", o que o levou em 2013 a apresentar um plano de regeneração urbana para a vila à câmara municipal, explicou o presidente da estrutura, Vítor Ronca.
Frederico Rogeiro afirmou à Lusa que o "amor à terra" o leva a "querer fazer mais" pelo seu concelho, depois de nos últimos quatro anos ter vindo a alertar a câmara para vários problemas enquanto cidadão.